#OndeIr O Vale existe e tem comidinhas deliciosas <3

Lembra daquele folhetinho que aquela pessoa religiosa distribuiu pra você falando do Vale dos Homossexuais? Segundo o documento, o lugar onde todas nós vamos um dia, juntas com todxs xs LGBTs deste planeta. Dizem que é quente, sujo, infernal e que nós vamos arder, passar sede e fome.

:O

Cê acredita que o Vale existe? E mais! É lindo, arejado, cheio de gente bacana e muita comida gostosa <3 Deus ouviu as nossas preces.

ovale

Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3

A FLOR – PARTE XVI (ULTIMA PARTE)

Meu dia até se alegrou, fui até a floricultura olhar os arranjos, infelizmente encontrei a ex dela que tentou me tirar do sério, mas não conseguiu. Por fim, eu que deixei ela nervosíssima.

Meus pais e Luna chegaram faz dois dias e estão encantados com tudo aqui. Falei que não exagerava quando dizia que aqui é lindo. A noite caiu, tentei ligar para Isa, mas ela não atendeu. Prometi esgana-la, mas toda essa raiva passou quando escutei sua voz dentro de casa.

Sai correndo e fui abraça-la.

– Quis te matar. Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3

A FLOR – PARTE XV (PENULTIMA PARTE)

POV ISA

Os últimos dias foram conturbados, mas por um motivo excelente. Avisei aos meus pais que estou no Brasil, eles vieram do Sul correndo me encontrar. Foi uma boa ideia, afinal, eles precisavam conhecer a família de Rosa.

As famílias se entenderam até bem demais ao ponto de nos constranger uma noite que decidimos tomar vinhos. Meu pai contou tanta coisa minha da infância que se eu pudesse, teria feito um buraco e me enterrado tamanha vergonha. Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3

Caixa Cultural exibe retrospectiva inédita do cinema lésbico de Barbara Hammer

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro recebe, de 18 a 30 de abril de 2017, a Mostra Barbara Hammer – Um cinema experimental lésbico, que reúne, pela primeira vez no país, a obra da americana que é expoente do cinema queer. Serão apresentados 24 filmes, acompanhando as diferentes fases do trabalho da diretora, com destaque para seu último longa-metragem, Welcome To This House, filmado parcialmente no Brasil. O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal.

Conhecida internacionalmente como uma das cineastas que mais explorou a cultura lésbica, Barbara Hammer ficou famosa por abordar assuntos tabus sob a perspectiva de uma artista homossexual assumida desde os anos 60. Ao longo de seus 90 trabalhos, a diretora também se destacou por conseguir imprimir uma marca estética repleta de experimentações desviantes das convenções narrativas. Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3