Categoria: Divã da Betina

Projeto AssumidaMENTE – #Coaching para Mulheres Lésbicas

butterfly-siteba2

Quando a gente pensa em alguém bem-sucedida, a primeira coisa que vem em nossa mente é essa pessoa realizada no trabalho colhendo os frutos do sucesso profissional. Mas uma vida de sucesso requer satisfação em diversas áreas do nosso cotidiano: trabalho, família, amigos, relacionamento, ideais, sentido de vida. E isso não é algo fácil, mas é uma coisa desejada por 10 entre 10 pessoas no mundo.

Pense que cada área da nossa vida conversa com a outra para que a gente fique 100% bem. Você pode ter o emprego desejado, mas se vai mal com a família isso interfere em sua produtividade. Agora, imagine ter boas oportunidades e não conseguir desenrolar isso de maneira positiva porque tem algo seu, muito íntimo que todo dia martela em sua cabeça pedindo uma solução?

jenny Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3

Mais Amor Entre Nós #VemBetinas

Betinas, que vocês acham de uma rede de apoio entre mulheres, onde cada uma oferece o que pode em forma de serviços e apoio para ajudar uma outra mulher que precise. E essa outra mulher ofereça algumas horas de suas habilidades para ajudar outra mulher. E essa outra ofereça alguns pertences que possa dispor para ajudar outra mulher. E esse ciclo numa acabe e só cresça formando um grande grupo de sororidade muuuito amor? Parece um sonho, né? Mas já é uma realidade linda mobilizafa virtualmente no projeto #MaisAmorEntreNós.

mais amor entre nos

“Criada no dia 12 de março, a campanha Mais Amor Entre Nós é uma corrente feminista que tem se alastrado pelo Brasil. A ideia surgiu da jornalista Sueide Kintê que criou um post em sua página do facebook oferecendo serviços de graça para outras mulheres 1h por dia. A mensagem ganhou adesão rapidamente, e, hoje já soma centenas de seguidoras. Basta clicar na hastag #maisamorentrenos no facebook e acompanhar esta linda ação auto gestionada de solidariedade entre mulheres. Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3

Ser ou não ser assumida no trabalho? o.O #Divãdabetina

Oláá,

Hoje estou empolgada, Betinas! Ao som de Vanessa da Mata, tomando um café, me entrego a nossa discussão do dia: eis que estamos vivendo em uma era onde a liberdade é maior e possível para grande parte da humanidade, grupos étnicos, estilos de vida, etc e tal. Ótimo! Perfeito sem tirar nem acrescentar nada. Estamos bem até agora após quatro linhas, não?

Daí é segunda-feira, você acorda, toma seu café e vai trabalhar. Aquele trabalho, sabe, que é necessário pintar as unhas, arrumar cabelo, falar educadamente. Ser mulherzinha, por exemplo. Por exemplo, tá? Aí passa sua colega de trabalho com aquele cabelo lindo e um sorriso maravilhoso e você desvia o olhar. Daqui à pouco entra um colega no elevador, te olha com vontade de tirar sua roupa e te chamar de mulher (hummm). Logo mais, cansou de ficar com as pernas cruzadas, que saco o suor entre as pernas e uma agonia danada, mas tem que ficar assim ou pelo menos com as pernas mais comportadas!
Alguém nesse Blog se reconhece? EU NÃO, de jeito nenhum, nããn, forma alguma!
(Abre parêntesis que estou empolgada) Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3

Contar aos pais #DivãdaBetina

Tarefa difícil é a de tomarmos certas decisões em nossas vidas, principalmente quando se trata de pessoas que amamos e não queremos machucar quando envolve estas. Imagine você se colocando em uma situação na qual ou é sua paz interior ou a dos demais. Nada mudará o fato de que seus pais sempre serão seus pais e é de tamanha importância, se decidir contá-los, de que forma fará, quando e porque. Além disso, ter a ciência de que à partir deste momento tudo muda, independente da recepção positiva ou negativa.
E quanto a aceitação? É mesmo fácil para todos como recentemente o pai do Luc, antes Luíza, Marcelo Tas?

2
Continue lendo

Celine Ramos
Baiana, feminista, negra e publicitária. Fundadora do SouBetina. Vivo na ponte-aérea Salvador-São Paulo. <3