Mais Amor Entre Nós #VemBetinas

Betinas, que vocês acham de uma rede de apoio entre mulheres, onde cada uma oferece o que pode em forma de serviços e apoio para ajudar uma outra mulher que precise. E essa outra mulher ofereça algumas horas de suas habilidades para ajudar outra mulher. E essa outra ofereça alguns pertences que possa dispor para ajudar outra mulher. E esse ciclo numa acabe e só cresça formando um grande grupo de sororidade muuuito amor? Parece um sonho, né? Mas já é uma realidade linda mobilizafa virtualmente no projeto #MaisAmorEntreNós.

mais amor entre nos

“Criada no dia 12 de março, a campanha Mais Amor Entre Nós é uma corrente feminista que tem se alastrado pelo Brasil. A ideia surgiu da jornalista Sueide Kintê que criou um post em sua página do facebook oferecendo serviços de graça para outras mulheres 1h por dia. A mensagem ganhou adesão rapidamente, e, hoje já soma centenas de seguidoras. Basta clicar na hastag #maisamorentrenos no facebook e acompanhar esta linda ação auto gestionada de solidariedade entre mulheres.

Os serviços trocados são diversos: desde faxina até aula de inglês. Por conta da demanda a idealizadora da campanha e uma equipe de mulheres voluntárias se dedicam atualmente à criação de um aplicativo e um site para aproximar as mulheres que desejam aderir ao movimento “Sororidade é coisa antiga que mulher sempre fez. Uma xícara de açúcar, um chá de boldo colhido direto do pé, ou até uma escuta amiga na porta de casa.” diz Sueide.

A finalidade é unicamente praticar a generosidade entre mulheres no estilo corrente do bem. Desta forma, as participantes oferecem serviços como ficar de babá, ensinar a nadar ou andar de bicicleta, trançar o cabelo, meditar, escrever, dançar, cozinhar até escrever projetos e tirar uma ideia do papel.”

Lindo, não é? Vocês podem acessar o site do projeto e participar. Para oferecer algum serviço, envia um e-mail para maisamorentrenos@gmail.com Se você não puder oferecer 1 hora por dia, pode oferecer por semana ou por mês. Tudinho do jeito que você puder se dispor.

Eu já estou participando, e ofereci conversa, escuta, informação e apoio para as meninas que estão passando por momentos difíceis para sair do armário, entender sua sexualidade e etc. Às vezes, tudo que a gente precisa é de um ouvido, uma boa conversa e carinho. Eu estou à disposição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.