Menina se assume em culto de igreja Mormon e microfone é desligado

A norte americana Savannah, de 12 anos, se entendeu lésbica e contou aos seus pais e amigos próximos, que a compreenderam tranquilamente como manda o figurino do amor. Com isso, Savannah decidiu que deveria abrir mais o jogo e ficar de buenas com toda a comunidade da igreja que ela frequentava.  “Eu sentia que precisava assumir para toda a igreja”, disse em entrevista a CNN/RNN.

E foi exatamente o que ela fez. Separou seu sábado, foi ao culto da igreja Mormon, respirou fundo e subiu ao palco pedindo a palavra.

“Olá, meu nome é Savannah e quero compartilhar meu testemunho com vocês. Deus me ama assim como sou, porque ele ama todas as sua criações. Eu realmente acredito que ele me fez como sou de propósito. Espero encontrar uma parceira e ter um bom emprego. Espero casar e construir uma família. Sei que esses sonhos e desejos são bons e corretos. E sei que posso ter todas essas coisas sendo lésbica e feliz.”

menina-assumida

Tão fofinho seu testemunho, né? Mas foi só ela falar a palavra sagrada “lésbica” que o microfone foi desligado e um membro da congregação subiu ao palco em seu encontro. “Primeiro eu pensei que estava quebrado,” ela disse. “Então, virei para falar com ele. E ele me disse para sentar.”

A Igreja  Mormon é uma dessas que sobre os homossexuais: ama os pecadores mas não seus pecados. Suas regras indicam que pessoas homossexuais são bem vindas mas ensinam que não se deve tomar atitudes em relação a isso, ou seja, você pode ser homossexual, mas não pode ter relacionamentos homossexuais. ME POUPE, SE POUPE E NOS POUPE.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.